Home » , , , , » Nice Extinct Animals photos

Nice Extinct Animals photos

Check out these extinct animals images:


Harpia
extinct animals
Image by Digo_Souza
A harpia (Harpia harpyja), também chamada gavião-real, gavião-de-penacho, uiruuetê, uiraçu, uraçu, cutucurim e uiraçu-verdadeiro, é a mais pesada e uma das maiores aves de rapina do mundo, com envergadura de 2,5 metros e peso de até 10 quilogramas.

Ambos os sexos têm uma crista de penas largas que levantam quando ouvem algum ruído. Como as corujas, elas têm um disco facial de penas menores que pode focar ondas sonoras para melhorar suas capacidades auditivas. A harpia possui, como principais características físicas, olhos pequenos, um longo topete, a crista com duas penas maiores e uma cauda com três faixas cinzentas, que pode medir até 2/3 do comprimento da asa.
Esta ave da família Accipitridae possui asas largas e redondas, pernas curtas e grossas, e dedos extremamente fortes, com enormes garras, capazes até de levantar um carneiro do chão. Sua cabeça é cinza, o papo e a nuca, negros, e o peito, a barriga e a parte de dentro das asas, brancos. Tem entre 50 a 90 centímetros de altura, uma envergadura de até 2,5 metros e um peso variando entre 4 e 5,5 quilogramas quando macho e entre 6 e 9 quilogramas quando fêmea.
As harpias são predadores tremendamente eficazes, com garras mais compridas do que as de um urso-cinzento. É uma águia adaptada ao voo acrobático em ambientes florestais de espaços fechados. Elas se aproximam morfologicamente (não se sabe se filogeneticamente) de várias outras aves de rapina tropicais de grande tamanho adaptadas à caça de grandes animais arborícolas como macacos, preguiças, lêmures etc., tais como a águia-coroada africana, a águia-das-filipinas e a águia-da-nova-guiné. Todas essas são chamadas de "águias-pega-macaco" em suas localidades de origem devido ao grande porte, que coloca animais maiores, como macacos, em seu cardápio.
O habitat principal são as florestas tropicais e a espécie se dispersa geograficamente do México à Bolívia, na Argentina e em grande parte do Brasil, notadamente no Amazonas, vivendo em árvores altas, dentro de vasta mata, onde constrói seus ninhos. Habitava as matas brasileiras de forma abrangente. Hoje, pode ser encontrado na Amazônia e visto raramente na Mata Atlântica. Na região amazônica da Guiana, onde foi bem estudado, verificou-se que é um predador sobretudo de mamíferos.
É pássaro nacional e está desenhada no brasão do Panamá. Está desenhada no brasão de armas do estado do Paraná, no Brasil. É o símbolo do Museu Nacional, no Rio de Janeiro. É também símbolo e estampa o escudo da tropa de elite da Polícia Federal do Brasil, o Comando de Operações Táticas. Faz parte do símbolo do 4º Batalhão de Aviação do Exército Brasileiro. Denomina um esquadrão da Força Aérea Brasileira, o 7º/8º Esquadrão Harpia. É o designativo das aeronaves do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Polícia Militar do Estado do Espírito Santo. É o animal em que foi baseada o personagem Fawkes, a fênix, do filme Harry Potter e a Câmara Secreta. É capaz de exercer uma pressão de 42 kgf/cm² (4,1 MPa ou 530 lbf/in²) com suas garras.
Pode erguer mais de 3/4 de seu peso. As garras da harpia são tão fortes que são capazes de esmigalhar um crânio humano. É a águia mais pesada da atualidade e a águia-das-filipinas é a única águia viva que se compara a ela em tamanho. Entretanto, a extinta águia-de-haast da Nova Zelândia era aproximadamente 50% maior do que ela. Dá dá nome ao projeto de inteligência artificial mantido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados. Em 15 de janeiro de 2009, nasceu um filhote de harpia no Refúgio Biológico de Itaipu. Com 100 gramas de massa, é o primeiro filhote a nascer com sucesso em cativeiro no sul do Brasil.

-----------------------------------------

The Harpy Eagle (Harpia harpyja), sometimes known as the American Harpy Eagle, is a Neotropical species of eagle. It is the largest and most powerful raptor found in the Americas, and among the largest extant species of eagles in the world. It usually inhabits tropical lowland rainforests in the upper (emergent) canopy layer. Destruction of its natural habitat has seen it vanish from many parts of its former range, and it is almost extinct in Central America.

The upper side of the Harpy Eagle is covered with slate black feathers, and the underside is mostly white, except for the feathered tarsi, which are striped black. There is a black band across the chest up to the neck. The head is pale grey, and is crowned with a double crest. The plumage of male and female is identical. The tarsus is up to 13 cm (5.1 in) long.
Female Harpy Eagles typically weigh 6 to 9 kg (13 to 20 lb). One exceptionally large captive female, "Jezebel", weighed 12.3 kg (27 lb). Being captive, this large female may not be representative of the weight possible in wild Harpy Eagles due to differences in the food availability.[ The male, in comparison , is much smaller and weighs only about 4 to 4.8 kg (8.8 to 11 lb). The wings are relatively short and stubby, the female wing length measuring 58.3–62.6 cm, and the male wing length 54.3–58 cm. Harpy Eagles are 89–105 cm (2.92–3.44 ft) long[ and have a wingspan of 176 to 201 cm (5 ft 9 in to 6 ft 7 in). It is sometimes cited as the largest eagle, however the Philippine Eagle is somewhat longer on average and the Steller's Sea Eagle is slightly heavier on average. The wingspan of the Harpy Eagle is relatively small, an adaptation that increases maneuverability in forested habitats and is shared by other raptors in similar habitats. The wingspan of the Harpy Eagle is surpassed by several large eagles who live in more open habitats, such as those in the Haliaeetus and Aquila genera. The extinct Haast's Eagle was significantly larger than all extant eagles, including the Harpy.

Rare throughout its range, the Harpy Eagle is found from Mexico, through Central America and into South America to Argentina. In Central America the species is almost extinct, subsequent to the loss of much of the rainforest there.[10] In rainforests they live from the canopy to the emergent. Within the rainforest they hunt in the canopy or sometimes on the ground, and perch on emergent trees looking for prey.


Imperial Mammoth
extinct animals
Image by Travis S.
Behind the animatronic display of a wrestling saber-tooth and ground sloth was a giant mural of Pleistocene animals. This Imperial mammoth grazes from the grasses of a shallow pond. The scenery behind the mammoth looks a lot like the summers in Alaska, barring the pink flamingos.

 
Support : Copyright © 2015. Animals HD - All Rights Reserved